Tendências do mercado imobiliário pós pandemia

Com as mudanças que vivenciamos frente à pandemia, como novos comportamentos dos consumidores, adaptações familiares diante desse cenário, é possível notar que algumas tendências pós pandemia que podem impactar o mercado imobiliário .

Essas tendências incluem: a valorização dos negócios locais de uma cidade; lançamento e venda de loteamentos nas cidades do interior, e possivelmente uma mudança no perfil de pessoas que procuram apartamentos pequenos, como, por exemplo, os recém divorciados.

Dentre esses fatores, separamos algumas tendências pós pandemia no mercado imobiliário para ficar de olho:

1. Valorização dos negócios locais 

Valorização dos negócios locais

Com o Home office, a relação das pessoas com suas casas mudou, e com isso, a relação com a cidade ou região em que vivem também. Isso quer dizer que com a pandemia o apoio e a valorização aos negócios locais aumentou.

Desta forma, os shopping e franquias locais deverão se adaptar às realidades locais para lucrar também.

2. Famílias pequenas

Tendências do mercado imobiliário pós pandemia

Com a pandemia, casais que moram em cidades grandes podem cogitar a ideia de mudar para cidades do interior, onde o custo de vida é menor, consequentemente, a ideia de ter mais filhos não deverá animar os casais, os fazendo optar por ter poucos ou até mesmo nenhum filho.

A presença das mulheres no mercado de trabalho, a grande exigência de qualificação profissional, projetos pessoais e medo do futuro, tudo isso fará com que o núcleo familiar seja reduzido no Brasil.

3. Office homes

Office homes - Tendência pós Pandemia

Outra tendência prevista é a procura de apartamentos em regiões centrais de cidades grandes que funcionem como moradia em dias de trabalho presenciais.

Essa tendência foi observada quando, durante a pandemia, hotéis passaram a transformar seus quartos em escritórios para incentivar os clientes durante a baixa procura pelos serviços.

Essa tendência nos mostra que, por mais que casais busquem por regiões mais afastadas para morar, não significa que deixarão completamente a cidade, devido ao emprego, o que trará a necessidade de um imóvel que sirva de moradia nos dias de trabalho.

4. Juntos, mas separados

Em 2020, principalmente no mês de abril, houve um aumento de 9.900% de pesquisas sobre “divórcio online gratuito”, isso nos mostra que, com a pandemia, viver e trabalhar no mesmo ambiente com seu (sua) parceiro(a) pode desgastar a relação. 

Com isso, se tornará uma tendência pós pandemia manter residências separadas, fazendo com que a demanda por Loft, Flat e Kitnet aumente, imóveis muito procurados antes por jovens que desejavam morar próximos de seu trabalho, ou que não passavam muito tempo em casa. Atualmente, essa realidade é diferente para os jovens, mas poderá se tornar uma tendência para casais recém divorciados.

Esteja atento ao mercado imobiliário

Estar atento às mudanças do mercado imobiliário é uma necessidade atualmente, especialmente para você que deseja vender um imóvel e quer estar por dentro do que a comunidade busca.

A Imobiliária Rio Branco pode ser sua aliada nas mudanças do mercado imobiliário, sempre ao seu lado para encontrar o melhor negócio! 

06.04.2021

Postado em Mercado Imobiliário

Nenhum Comentário

Dê sua opinião!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *